Creche Maria Emília Mestrinho II é reformada e ampliada após quase 30 anos de inaugurada

Unidade é a 14ª reinaugurada pela prefeita Patrícia Lopes, em um ano e meio de gestão. Obras foram realizada com recursos próprios da prefeitura de Presidente Figueiredo e do FNDE

A creche Maria Emília Mestrinho II entrou para história de Presidente Figueiredo por ter sido a primeira construída na cidade, em 1994, numa parceria com o governo estadual e prefeitura municipal e agora, em 2022, é destaque novamente, por abrigar mais de 400 crianças, em idade entre dois e cinco anos, após ter sido reformada e ampliada pela prefeita Patrícia Lopes.


Com a reforma, iniciada durante a segunda onda da pandemia, a creche ganhou um novo bloco de sala de aula – passando a 12 no total, dobrando a capacidade de atendimento, de 220 para 440 alunos – refeitório, cozinha, área de recreação com casinha de boneca, fraldário e ateliê de pintura e artesanato. E em breve, vai ganhar também um playground, cuja a construção foi anunciada por Patrícia Lopes, durante a solenidade de reinauguração.

Fotos: Jonathan Silva
Fotos: Jonathan Silva


Em seu discurso, a prefeita lembrou dos tempos difíceis do retorno das aulas presenciais, quando as obras já haviam sido iniciadas, e professores, alunos e funcionários foram acomodados em duas outras unidades que ficam próximas da creche – escolas municipais Roxana Pereira Bonessi e Manoel Raimundo de Andrade – mas deu ênfase aos novos tempo, com as dificuldades superadas, a partir da entrega da obra.


“Deus sabe o quanto trabalhamos para oferecer as nossas crianças um ambiente melhor de ensino. Nós sabemos o quanto vocês passaram por momentos difíceis, durante a pandemia, na volta das aulas presenciais tendo que usar salas de outras unidades, mas, agora sim, vocês terão as condições necessárias de fazerem o trabalho, sem dúvida farão a diferença na vida dessas crianças, pois reconhecemos a importância que tem a educação infantil para a formação dos nossos alunos”, destacou.

Fotos: Jonathan Silva


Patrícia Lopes chamou atenção para as inovações que foram inseridas no prédio a partir das obras de reforma e ampliação, como por exemplo, o fraldário, sala de leitura, ateliê de pintura e artesanato, além do novo refeitório e cozinha.


“É nos detalhes que a gente vai mostrando que estamos vivendo o tempo de cuidar. Hoje nós temos um fraldário na nossa creche e, nós mães, sabemos o quanto é importante termos um fraldário, um espaço para acolher melhor nossas crianças”, disse.


A prefeita fez um agradecimento especial as equipes da secretarias municipais de Infraestrutura e Educação que, enquanto outras áreas da gestão municipal, como a secretaria municipal de saúde, estava mobilizada no combate à pandemia, se dedicaram aos projetos de reforma, ampliação e revitalização de 19 escolas municipais que agora estão sendo entregues à população.


“Quero agradecer aos titulares da Semisp e Semed, e as suas equipes que não mediram esforços para trabalhar os projetos, para que hoje nós pudéssemos estar aqui entregando a 14ª escola revitalizada e isso me deixa muito feliz.”, afirmou.


O secretário municipal de Educação, Rodolfo Oliveira, ressaltou o esforço da prefeitura para oferecer à alunos e professores da rede municipal de ensino, uma ambiente que estimule o processo de aprendizagem.


“Estamos entregando mais uma escola totalmente reforma, ampliada e revitalizada. Isso é fruto muito trabalho, dedicação e comprometimento da gestão municipal, pois educação de qualidade se faz com escolas estruturadas, ampliadas, reformada e revitalizadas, pensamos na educação como um todo. É assim que fazemos na gestão Patrícia Lopes e Anderson Leal”, Nanciara Cunha, gestora da Creche Municipal Maria Emília II, garantiu aos pais, mães e avós que diariamente acompanham os alunos até unidade, que cada detalhe da obra foi pensado visando o conforto das crianças.


“Cada letra, cada placa, cada tinta, cada detalhe que vocês veem aqui, é fruto de amor e carinho, porque aqui nesta casa nós não fazemos nada que não tenha esses sentimentos”, afirmou, após relacionar todas as melhorias implementadas na unidade, das novas salas de aula, refeitório e cozinha à casa de boneca construída na área externa.

Fotos: Jonathan Silva


“Essa ampliação veio de encontro com as necessidades de nossos alunos”, assegurou, destacando que, desde a inauguração até reforma, revitalização e ampliação realizada na gestão da prefeita Patrícia Lopes e Anderson Leal, a creche havia recebido apenas uma pintura, em 2012.


A diarista Antônia Linhares, falou em nome dos pais e responsáveis pelos alunos da creche e garantiu que a obra realizada trouxe mais conforto para os alunos.


“Me sinto muito feliz com essa reforma que aconteceu aqui na escola, porque agora nossos filhos poderão ter uma qualidade de ensino ainda melhor e nós poderemos ficar despreocupados sabendo que os nossos filhos estão estudando numa escola adaptada pra eles com mais conforto, qualidade de vida e uma merenda escolar melhor. Em nome dos nossos filhos, inclusive esse já é o meu terceiro filho que estuda aqui na creche, agradeço a prefeita Patrícia Lopes, ao vice-prefeito Anderson Leal e toda a equipe da prefeitura por esse trabalho tão importante que foi realizado”, disse.


Emoção e reconhecimento


A reinauguração da unidade, fechada para reforma durante a segunda onda da pandemia da covid-19, foi marcada por simbolismos. Muitos dos participantes da solenidade tiveram ou têm uma relação muito próxima com unidade, por seus filhos terem estudado ou estudarem no local, ou por eles próprios terem iniciado sua na vida acadêmica na creche.


O vice-prefeito Anderson Leal, contou que as duas filhas dele estudaram na creche Maria Emília Mestrinho e destacou a importância da educação infantil na formação do cidadão. “É aqui (na creche) que a criança aprende a conviver com outras crianças”, afirmou.


Anderson Leal destacou ainda os vínculos que unem ele e a prefeita Patrícia Lopes à Presidente Figueiredo, cidade onde moram e criam seus filhos. “Tudo que fazemos é para nós, também, porque moramos aqui, nossas famílias estão aqui, nossos filhos estudam e cuidam da saúde, aqui, não em grandes escolas ou hospitais particulares de Manaus”, enfatizou.


Outros com laços estreitos com a cidade e com a creche Maria Emília Mestrinho é o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Semisp), Kilmer Barros.


O secretário estudou na unidade e filho dele, hoje com 12 anos de idade, também. Assim como ocorreu com o titular da Semisp, filhos e sobrinhos de vereadores do município e professores da unidade, também fizeram a educação infantil na creche Maria Emília Mestrinho.


O presidente da Câmara Municipal de Presidente Figueiredo, Marcos Nascimento (PSB), que esteve presente a inauguração da creche Maria Emília Mestrinho, reconheceu o esforço da atual gestão em “fazer pelo município o que há décadas não vinha sendo feito” e, citou como exemplo, a reforma e revitalização de 19 escolas municipais, em pouco mais um ano em meio de gestão, e o asfaltamento do sistema viário da sede e ramais. “Há mais de 20 anos não se via asfalto novo em Presidente Figueiredo”, completou.


Além de Marcos Nascimento, estiverem presentes ao evento, os vereadores Thales Pacheco e Virgílio Mendonça (PP), Ronaldo Macarrão (Avante), Raimundinho Vidraceiro e Tharlisson Barros (PTC) e Assis Arruda (Podemos).