Presidente Figueiredo amplia oferta de serviços de saúde com inauguração de CAPS, Centro de Fisioterapia e Laboratório de Análises Clínicas

Novos equipamentos públicos vão desafogar o laboratório do hospital geral, ampliar oferta de exames e disponibilizar serviços de saúde mental e acompanhamento social, de forma gratuita à população

A prefeitura de Presidente Figueiredo (distante 107 quilômetros da capital, na BR 174), inaugurou nesta segunda-feira (12/9), o Complexo Municipal “É Tempo de Cuidar”, espaço público que abriga o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), o Centro de Referencia de Fisioterapia “Dra. Sandra Arcanjo” e o Laboratório de Análises Clinicas de Presidente Figueiredo.

Localizado na avenida Padre Callery, o complexo vai funcionar de segunda a sexta-feira. Os atendimentos na área de saúde mental e fisioterapia, serão agendados, de acordo com os encaminhamentos que chegarem dos especialistas. Já a realização de exames laboratoriais será feita por livre demanda, no horário das 7h às 10h. 

“Estamos concretizando hoje um sonho coletivo. Da nossa gestão, porque já fazia parte do nosso plano de governo, antes mesmo de sermos os escolhido para governar o município, dos profissionais de saúde do nosso município e, principalmente, da população, usuária da rede pública de saúde, afirmou a prefeita Patrícia Lopes, que agradeceu o trabalho e empenho de todos os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Sems) que não mediram esforços para tornar o complexo uma realidade.

Patrícia Lopes, destacou, ainda, a partir da inauguração do complexo Tempo de Cuidar, Presidente Figueiredo passa a ocupar lugar de vanguarda entre os municípios do Estado, tanto pela implantação do CAPS quanto pelo Laboratório de Análises Clínicas, o mais completo instalado no interior do Amazonas, que passa a ser referencia de diagnostico em saúde no Estado.

“Esta, não é só mais uma unidade de saúde que foi criada para atender nossa população. Trouxemos o que há de melhor nos centros de saúde da capital do Estado, e que não se encontra em nenhum outro município de interior do Amazonas”, complementou a titular da Sems, Mariane Abreu, apontando que o diferencial da gestão de Presidente Figueiredo, “é muito planejamento e execução correta, primando sempre pela eficiência e transparência”.

O representante do Ministério da Saúde, Sidney Veiga, destacou a importância do complexo inaugurado em Presidente Figueiredo, para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Durante a solenidade de inauguração, o espaço recebeu as bênçãos do pároco do município de Presidente, padre Marco Antônio Cardoso (Marquinho), e contou com presença de pastores de diversas denominações da doutrina evangélica.

Estiveram presentes ao evento, além do vice-prefeito Anderson Leal e secretários municipais, a promotora de Justiça Karla Cristina da Silva, representante do Ministério Público em Presidente Figueiredo, que destacou a importância da implantação do CAPS no município para o fortalecimento da saúde.

Também participaram da solenidade, os vereadores Thales Pacheco, Virgílio Mendonça, Raimundinho Vidraceiro, Ronaldo Macarrão, Assis Arruda, além de Carolina Arcanjo, filha da fisioterapeuta Sandra Arcanjo, que dá ao centro de fisioterapia.

Laboratório

Um mais completo, em equipamentos e no volume de exames ofertados, do interior do Estado do Amazonas, o Laboratório de Análises Clínicas de Presidente Figueiredo, possui estrutura de automação em equipamentos, nas áreas de bioquímica, hematologia, parasitologia, uroanálises, diagnóstico molecular dentre outros. E está preparado para atender o usuário com a agilidade, rapidez e precisão dos laboratórios dos grandes centros.

Vai desafogar o hospital, que passará a processar apenas os exames de urgência e emergência, garantindo mais agilidade no atendimento aos pacientes em atendimento na unidade hospitalar. Além de evitar que os usuários da rede municipal de saúde precisem ir realizar seus exames na capital. Resultados vão sair em até dois dias.

“Além dos exames que já eram realizados no hospital geral, no novo laboratório, passarão a ser oferecidos novos exames, como as dosagens de gasometria, parâmetro importantíssimo na evolução clínica de pacientes internados, principalmente crianças ou recém nascidos.

“Também será possível promover a prevenção de doenças. Por exemplo, no caso de exames de preventivo de câncer de colo de útero, será mais ágil para os resultados, o que antes demorava de 3 a 5 meses hoje será em no máximo sete dias”, explica Mariane Abreu.

CAPS

Com a instalação do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), a prefeitura de Presidente Figueiredo passa a oferecer serviços de saúde mental e acompanhamento social, de forma gratuita à população, hoje tão necessários, tendo em vista a grande demanda de crianças e jovens que sofrem de depressão e outras psicopatias.

O CAPS terá uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais e nutricionistas, que foram capacitados para acolher os usuários e, se necessário, encaminhar para consulta com o psiquiatra.

“Em 2018, houve uma tentativa de implantação do CAPS, mas, fracassou. Agora, graças o empenho e comprometimento dessa gestão, ele se torna uma realidade e será um ponto de fortalecimento da prestação dos serviços públicos de saúde em nosso município”, destaca a secretária Mariane Abreu.

Centro de Fisioterapia

De acordo com a titular da Sems, além de atender as inúmeras vítimas da covid-19 que precisam de tratamento para se recuperar das sequelas deixadas pela doença, o Centro de Fisioterapia “Dra. Sandra Arcanjo” será de grande importância para promover melhorias na qualidade de vida das pessoas com deficiência e de idosos.

“Esse equipamento público chega no momento de grande demanda reprimida, principalmente de casos do pós-covid-19 de pacientes que ficaram com sequelas respiratórias e motoras, além de outras demandas pediátricas e neurológicas. O espaço foi preparado e equipado para prestar um atendimento eficaz e humanizado”, afirma.

Centro leva o nome da Dra. Sandra Arcanjo, fisioterapeuta, moradora de Presidente Figueiredo, que deixou um legado de amor ao próximo. Sandra faleceu, vítima das sequelas da Síndrome de Guillain-Barré.

Fotos: Igor Rabello – Diretoria de Comunicação