Programa Melhor em Casa assegura atendimento domiciliar multiprofissional à população figueiredense

A assistência aos pacientes em suas casas evita e reduz a permanência no hospital e garante um acompanhamento mais seguro e humanizado

A prefeita Patrícia Lopes lançou na manhã desta segunda-feira (05/06), no auditório da prefeitura, o programa “Melhor em Casa”, um serviço de atenção domiciliar, que tem como objetivo, dar continuidade ao tratamento de saúde do paciente em casa, próximo da família, propiciando um cuidado mais humanizado.

“Nesse Programa, o atendimento é feito de forma mais eficiente, confortável e segura, dentro de casa. Dessa forma, vamos garantir um cuidado integral à saúde dos usuários do nosso município, sejam acamados, domiciliados, sem que eles precisem estar em um hospital, longe da família e sujeitos a algum tipo de infecção. Contamos com uma equipe altamente qualificada, que poderá atender a todos, no conforto de seus lares”, afirmou a prefeita, que é profissional de saúde e enfermeira de profissão.

Patrícia Lopes disse que a habilitação da prefeitura junto ao Ministério da Saúde para receber o programa, foi uma vitória é de todos os servidores da Saúde, que diariamente se esforçam e oferecem bons serviços à população.

“Meu reconhecimento a todos os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Sems), que não medem esforços para prestar um serviço de excelência a nossa população. Estamos gradativamente propondo alternativas para melhorar a qualidade dos serviços prestados em nossa cidade, tornar esse atendimento mais humanizado, por isso, buscamos ampliar os atendimentos e instituir programas, como o Melhor em Casa, para cumprir nosso objetivo que é cuidar bem da nossa população”, destacou.

A secretária municipal de Saúde, Mariane Abreu agradeceu a prefeita Patrícia Lopes pela confiança depositada na equipe da secretaria e destacou que, mais uma vez, ela não mediu esforços para que Presidente Figueiredo conseguisse a autorização para implantar o programa “Melhor em Casa”.

“Essa é uma conquista muito importante. No Amazonas, apenas cinco municípios conseguiram este feito e, Presidente Figueiredo é um deles”, comemorou a secretária.

O programa vai funcionar com uma equipe multidisciplinar própria, formada por médico, enfermeiro, fisioterapeuta, técnico de enfermagem, além de contar com o suporte de profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf), entre eles nutricionista, psicólogo, assistente social, odontólogo, terapeuta ocupacional, entre outros.

De acordo com a enfermeira Etelvina Costa, coordenadora do programa, a captação de pacientes será feita junto à direção do hospital municipal Eraldo Neves Falcão, que vai informar aqueles que estão próximos de receber alta, e que vão precisar receber cuidados em casa, além do trabalho de busca ativa que será feito junto aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

“A equipe é exclusiva e vamos fazer visita na residência do paciente, orientar os familiares no cuidado com ele e fazer um acompanhamento multiprofissional com esse paciente até ele melhorar”, afirma Etelvina Costa.

Durante o lançamento, a prefeita Patrícia Lopes fez a entrega das chaves de um veículo picape modelo Touro à coordenadora do programa Melhor Em Casa.